ÁGUAS DA TEJA

EXEMPLO NACIONAL DE EFICIÊNCIA NO QUE DIZ RESPEITO A PERDAS DE ÁGUA

Numa altura em que a água é um bem cada vez mais escasso e Portugal continua a apresentar elevados níveis de perdas – de acordo com os últimos dados da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR), perdem-se quase 180 milhões de metros cúbicos de água em 258 municípios, o que equivale a 197 piscinas olímpicas por dia –, a Águas da Teja, empresa do grupo Aquapor, contraria esta tendência e, enquanto responsável pela maior parte do abastecimento do concelho de Trancoso, ocupa a primeira posição no ranking de eficiência que diz respeito a perdas reais de água.

 

Neste concelho, a nossa empresa apresenta perdas de apenas 0,6 litros de água de ramal por dia e a água não faturada está nos 14,1 por cento, segundo os últimos dados disponíveis da ERSAR.

 

Para nós, “os bons resultados obtidos devem-se ao empenho no controlo das perdas, que corresponde essencialmente ao controlo dos caudais e pressões na rede, pessoal especializado na deteção de fugas e à implementação de Zonas de Medição e Controlo”.

 

“A redução de perdas reais é, sem dúvida, uma prioridade para a nossa empresa. Trata-se de uma matéria da maior importância dada a necessidade de combater o desperdício de um bem essencial e cada vez mais escasso, como é a água. É um problema que assume contornos preocupantes a nível global e para o qual a Águas da Teja está completamente alerta, tal como de resto todas as empresas do grupo Aquapor”.